Tony Bellotto compara Haddad a lenda do Folk e celebra música como “arma” antifascista

Nine
fernando-haddad-woody-guthrie.jpg

- PATROCINADO -
Tony Bellotto relembra frase icônica de Woody Guthrie ao celebrar Fernando Haddad tocando violão
Foto por Diogo Zacarias/Reprodução/Twitter | Reprodução/Facebook

- PATROCINADO -

No início desta semana, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, mostrou mais uma vez seu apreço pelo mundo da música ao tocar um trecho do clássico “Blackbird”, dos Beatles, durante entrevista ao podcast O Assunto, do portal g1.

Depois do vídeo de Haddad tocando violão ter viralizado nas redes sociais, o incrível Tony Bellotto, guitarrista dos Titãs, comparou a imagem do ministro com o instrumento a uma foto da lenda do folk Woody Guthrie.

Acompanhando a montagem, Bellotto fez questão de relembrar uma frase histórica que Guthrie estampava em boa parte de seus instrumentos e mandou uma mensagem para Haddad:

Traduzindo a sábia frase que [Woody] Guthrie escreveu em seu violão: ‘essa máquina mata fascistas’. Às armas, ministro!

Em resposta, o ministro agradeceu as palavras do integrante dos Titãs e afirmou:

Tô muito contigo!

Veja ao final da matéria o post de Tony Bellotto e o vídeo recente de Fernando Haddad tocando Beatles!

Fernando Haddad e a música

Esta não foi a primeira vez que Haddad apareceu publicamente tocando o sucesso dos Beatles.

Em 2014, o político mostrou seu talento na guitarra ao também tocar “Blackbird” durante a inauguração da exposição “O Mundo de Mafalda”, na Praça das Artes, em São Paulo. Veja aqui.

Woody Guthrie

O artista com o qual Tony comparou Fernando Haddad é um dos mestres do folk que inspirou grandes artistas do gênero, como Bob Dylan, The Greenbriar Boys, Phil OchsJoan Baez e muitos outros.

- PATROCINADO -

Woody Guthrie ficou famoso também por seus posicionamentos antifascistas, que se tornaram mais presentes em suas obras após a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

O site oficial do artista aponta que, depois dele ter servido na Marinha e no Exército durante a guerra, o músico “compôs centenas de baladas anti-Hitler para reunir as tropas”, como “All You Fascists Bound To Lose”, “Talking Merchant Marine” e “The Sinking of the Reuben James”.

Em 1967, Woody faleceu aos 55 anos depois de ter uma complicação neurológica degenerativa conhecida como Doença de Huntington, mas deixou um importante legado na história da música.

De clássicos como Phoenix e Daft Punk até novidades do Indie, Pop e Rock francês, ouça A Made In France Selection By ! e siga o ! no Spotify!



Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: