Gibi da Turma da Mônica vira material escolar sobre arquitetura no Paraná

Nine
turma-da-monica.jpg

- PATROCINADO -

O Instituto Maurício de Sousa desenvolveu um gibi especial da Turma da Mônica em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU-PR) para abordar o universo da profissão para as aulas do projeto CAU Educa.

- PATROCINADO -

Nos próximos dias serão impressos 100 mil exemplares da história em quadrinhos exclusiva, que serão distribuídos, a partir de agosto, para milhares de alunos de escolas paranaenses e em ações sociais desenvolvidas pelo instituto por todo o país.

A história terá como personagem principal a mãe da Mônica, Dona Luísa. Além de dona de casa, ela também atua como arquiteta e urbanista.

Junto ao gibi, outra cartilha, com atividades e jogos que destacam a profissão, também será desenvolvida para as crianças. O livro será ilustrado com os personagens
da Turma da Mônica, além de ter caça-palavras, labirinto, jogo dos erros, cruzadinha e desenhos para colorir.

CAU Educa

O CAU Educa já esteve em dezenas de escolas no Paraná e atendeu milhares de crianças entre 6 e 10 anos.

Com aulas lúdicas, que duram cerca de uma hora, os alunos do ensino fundamental conhecem a importância da arquitetura e urbanismo para a saúde das pessoas e
para o desenvolvimento das cidades.

“As crianças precisam crescer entendendo que é possível mudar para melhor o ambiente onde vivemos. Elas podem ser os agentes de transformação. As aulas são divertidas e têm muita interação, já que o público infantil é muito curioso”, afirma o gerente de Fiscalização do CAU-PR, Gesse Lima, que também é professor do curso.

São usados blocos de montar, papel, caneta, tesoura e até macarrão para a montagem de um bairro de maquete. É ensinado ainda a importância do sol para as construções.

“Nós apagamos as lâmpadas da sala de aula e fazemos de conta que o sol é a luz da lanterna do celular. Segurando o telefone, fazemos alguns movimentos com as mãos e explicamos a posição do nosso principal astro no inverno, no verão e nas outras estações do ano. Só com isso, por exemplo, os pequenos já conseguem entender como a luz solar é fundamental para as habitações e interfere especialmente na qualidade de vida das pessoas”, explica Lima.

Os óculos de realidade virtual também fazem parte das aulas, proporcionando aos alunos um passeio on-line por diferentes cidades do mundo, sendo possível conhecer a Disney e as Pirâmides do Egito na mesma hora, por exemplo.

“A gente sabe que muitas dessas crianças não podem visitar esses locais presencialmente, então o passeio on-line acaba se tornando uma experiência muito positiva”, completa Lima.

- PATROCINADO -

O projeto também foi considerado alinhado ao projeto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) pelo escritório da entidade no Brasil.

*Publicado por Douglas Porto

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: