O que é e quais são as características do transtorno de personalidade antissocial?

Nine
Minuto Saudável

- PATROCINADO -

Transtorno de Personalidade Antissocial (TPAS) é caracterizado por um padrão persistente de desrespeito e violação dos direitos dos outros. Geralmente, esse comportamento surge na infância ou adolescência e persiste na vida adulta.

- PATROCINADO -

Desde o século XIX, Philippe Pinel explorou esse conceito, entendendo que essas pessoas apresentam algum grau de desordem afetiva que influencia diretamente seu comportamento agressivo.

A prevalência desse transtorno varia entre 1% e 4% ao redor do mundo. Em mulheres, é mais comum nas que, quando crianças, sofreram algum tipo de violência. Já nos homens, é três vezes mais prevalente. No entanto, existe uma preocupação significativa de que esse transtorno possa ser subdiagnosticado em mulheres.

É importante ressaltar que o diagnóstico é realizado após os 18 anos. Portanto, crianças ou adolescentes que apresentem um ou mais comportamentos semelhantes aos sinais desse transtorno devem passar por avaliação psiquiátrica para compreender as causas subjacentes.

É fundamental lembrar que o TPAS é um assunto complexo e as informações podem variar com base em pesquisas e critérios diagnósticos atualizados. Consultar fontes confiáveis e atualizadas é essencial para obter informações precisas sobre o assunto.

Para saber mais sobre o transtorno de personalidade antissocial, o que causa, qual a diferença entre psicopatia e como tratar, continue acompanhando o artigo!

Índice — Neste artigo, você encontrará:

Quais as causas do transtorno antissocial?Qual a diferença entre transtorno de personalidade antissocial e psicopatia?Principais sinais e característicasDiagnósticoTratamentoQuais as causas do transtorno antissocial?

Ainda não se conhece as causas do Transtorno de Personalidade Antissocial (TPAS), no entanto, existem fatores que podem influenciar seu desenvolvimento. Esses fatores podem ser subdivididos em ambientais, genéticos e fisiológicos.

Os fatores ambientais referem-se a situações em que a criança foi exposta a algum tipo de violência ou negligência, seja devido à instabilidade no comportamento dos pais ou à falta de consistência na educação.

Considerando esses fatores, é possível que um(a) adolescente ou adulto com transtorno de conduta desenvolva, ou evolua para o Transtorno de Personalidade Antissocial.

- PATROCINADO -

Já sobre os fatores genéticos, é comum observar que pessoas com parentes de primeiro grau diagnosticados com TPAS, bem como outros familiares do sexo masculino que tenham o mesmo diagnóstico ou transtorno por uso de substâncias, apresentem maior predisposição ao transtorno.

Por fim, fatores fisiológicos também desempenham um papel no desenvolvimento desse transtorno, embora ainda não sejam totalmente compreendidos. Contudo, alterações em certas áreas do cérebro e desequilíbrios bioquímicos podem contribuir para o transtorno.

É importante ressaltar que esses fatores não são determinantes e não garantem o desenvolvimento da condição. Pois, como vimos, transtorno resulta de uma interação complexa entre fatores ambientais, genéticos e fisiológicos.

Qual a diferença entre transtorno de personalidade antissocial e psicopatia?

É comum ocorrer confusão entre as características do Transtorno de Personalidade Antissocial e a psicopatia. No entanto, existem várias questões que as diferenciam uma pessoa com personalidade antissocial é caracterizada por comportamentos desrespeitosos e inadequados que, frequentemente, violam os direitos de outras pessoas.

Porém, ela é capaz de se adaptar às normas da sociedade, controlar impulsos agressivos e, ao longo da vida, esses comportamentos tendem a diminuir.

Por outro lado, um psicopata é aquele que apresenta falta de afeto, ausência de remorso e dificuldade em estabelecer relações interpessoais. Ao contrário do TPAS, o psicopata não consegue exercer controle sobre seus impulsos e comportamentos.

Portanto, é importante destacar que as pessoas com personalidade antissocial têm a capacidade de se adaptar às normas sociais e controlar seus impulsos agressivos, enquanto os psicopatas não possuem esse controle.

Leia maisO que é uma pessoa inimputável segundo a psicologia? 

Principais sinais e características

Os principais sinais e características que pessoas com esse tipo de transtorno demonstram são:

Dificuldade em se adequar às normas e regras e, muitas vezes, é detido por repetir atitudes;Costumam contar mentiras e trapacear com o intuito de satisfazerem a si próprios;Impulso;Incapacidade de realizar planos a longo prazo;Humor irritável e agressivo, muitas vezes com lutas corporais;Falta de preocupação com a segurança de si mesmo ou de outra pessoa;Dificuldade em ter boa conduta em ambiente de trabalho e de honrar com obrigações financeiras;Falta de remorso.Se você ou alguém que você conhece apresentam um ou mais sinais listados acima, não deixe de procurar ajuda médica!Diagnóstico

O diagnóstico do Transtorno de Personalidade Antissocial é realizado por um médico psiquiatra, que avalia o histórico de saúde mental da família, de saúde, a vida e o comportamento criminal do paciente.

Normalmente, é feito um levantamento de todos os comportamentos, principalmente aqueles que estão relacionados ao TPAS.

O(a) médico(a) levará em consideração os critérios diagnósticos estabelecidos no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) e na Classificação Internacional de Doenças (CID-10). Como mencionado anteriormente, a condição apresenta um padrão comportamental em todos os indivíduos.

Tratamento

O tratamento a ser adotado deve levar em consideração o nível de periculosidade do paciente. Em casos de alta periculosidade, pode ser recomendado o internamento para reabilitação, utilizando medicamentos para controle de sintomas e realizando psicoterapia.

No entanto, a internação é geralmente considerada como último recurso e requer intervenção judicial. É necessário adotar medidas que auxiliem na reintegração da pessoa ao convívio social, respeitando os princípios éticos e a dignidade humana, como previsto na Lei nº 10.216/2001, que assegura os direitos das pessoas.

Transtorno de Personalidade Antissocial (TPAS) é caracterizado por desrespeito e violação dos direitos dos outros.

Se você ou alguém que você conhece apresentam um ou mais sinais dessa condição, não deixe de buscar ajuda médica! 

Para mais informações sobre saúde mental, acesse o portal e as redes sociais do Minuto Saudável!

Referências

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: