CNN Brasil

Fevereiro Roxo: conheça sinais que antecedem Alzheimer

Nine

A doença de Alzheimer tem perda de memória como principal sintoma. No entanto, processos neurodegenerativos podem ter início até duas décadas antes e com outros sintomas. Conheça abaixo sinais que podem anteceder o Alzheimer.

Esses sinais precoces costumam estar atrelados a mudanças de comportamento.

“A partir dos 65 anos [de idade], o risco de desenvolver a doença duplica a cada cinco anos. É preciso que familiares estejam atentos a mudança de comportamento do paciente para aumentar as chances de diagnóstico em estágios iniciais”, diz o geriatra Roni Chain Mukamal.

 

Além disso, o médico também destaca que os riscos de desenvolvimento da doença aumenta com o evelhecimento da população.

Confira abaixo sinais que podem anteceder o AlzheimerPalavrões em excesso

Falar muitos palavrões, especialmente em situações inadequadas, como na frente de crianças, é um possível sinal precoce da doença.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram que 18% das pessoas com Alzheimer usaram palavrões quando foram instruídas a citar palavras que começassem com determinadas letras do alfabeto.

Nenhum dos pacientes saudáveis mencionou essas palavras.

Se vestir desajeitadamente

Pessoas com Alzheimer podem ter dificuldades para escolher como se vestir de maneira apropriada, seja em relação à combinação das peças ou às condições climáticas.

Pesquisas realizadas nas universidades de Kent e de York, na Inglaterra, mostraram que pessoas com Alzheimer passaram a apresentar muita dificuldade para se vestirem adequadamente sozinhas.

Dar dinheiro a estranhos

Cientistas da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, e da Universidade Bar-Ilan, em Israel, apontam que idosos mais inclinados a dar dinheiros a desconhecidos apresentavam pior estado cognitivo, sugerindo maior chance de desenvolver Alzheimer.

Segundo esses pesquisadores, ter dificuldade em lidar com o dinheiro pode ser um dos sinais precoces do Alzheimer.

Dirigir mal

Quem começa a desenvolver Alzheimer também passa a ter dificuldades para dirigir, uma vez que a condição começa a afetar as habilidades motoras e de raciocínio.

A doença desacelera as reações e torna o ato de estacionar um dos maiores desafios, levando a situações de muito estresse e agitação.

Uma pesquisa da Universidade de Washington, nos EUA, estudou os hábitos de direção de 139 pessoas durante um ano. Cerca de metade tinha diagnóstico precoce de Alzheimer, enquanto a outra não tinha a doença.

Os cientistas notaram que as pessoas com Alzheimer eram mais suscetíveis a fazer mudanças abruptas na direção, além de dirigirem mais devagar.

Se perder em lugares conhecidos

Um sinal comum presente ainda no início do aparecimento da doença é se perder com facilidade ou não conseguir encontrar o caminho de volta para casa, mesmo estando em lugares muito conhecidos.

Esse sinal é considerado natural em idosos, mas deve acender alerta para consulta com um neurologista.

Dificuldade com vocabulário

Outro sinal comum e precoce da doença é ter dificuldade de encontrar palavras certas em conversas ou ao citar objetos, às vezes com o uso de uma palavra errada.

As pessoas afetadas dessa maneira param no meio da fala, trocam palavras ou, com frequência, dizem “isso” em vez de dar o nome específico de alguma coisa.

Pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, constataram que essa dificuldade de encontrar as palavras aumentou de forma significativa durante apenas dois anos para as pessoas que desenvolviam Alzheimer.

Falta de filtros sociais

Pacientes com Alzheimer passam a ter menos filtro quando vão falar.

Conforme a doença se desenvolve, os pacientes passam a ficar mais grosseiros, a falar palavras inapropriadas.

*Publicado por Pedro Jordão, da CNN em São Paulo

Fonte: CNN

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

50 Receitas Fitness

Curso de Massagem

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: