Cinco embarcações são retiradas da Baía de Guanabara

Nine
Captura-de-tela-2023-06-29-154233.png

- PATROCINADO -

A Secretaria Estadual de Energia e Economia do Mar do Rio de Janeiro deu início a retirada de cinco embarcações da Baía de Guanabara nesta quinta-feira (29). A estimativa é de que a operação seja concluída em 25 dias.

- PATROCINADO -

Os barcos estavam encalhados na altura da Ilha da Conceição, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, perto de um cais utilizado para descarregar peixes.

Abandonadas há pelo menos cinco anos, as embarcações e carcaças ofereciam risco à navegação, além de dificultar o trabalho de pescadores. Todos os barcos receberam a declaração de perdimento (perda da propriedade) da autoridade marítima e, por isso, podem ser removidos.

A operação é feita após um levantamento da Capitania dos Portos (Marinha do Brasil), que apontou 51 embarcações e cascos abandonados no mar. Também fazem parte da força-tarefa a Secretaria Estadual de Ambiente e Sustentabilidade, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e a Prefeitura de Niterói.

O trabalho começou no mês passado, com a remoção de um barco que estava abandonado há mais de uma década. Em novembro de 2022, um navio graneleiro que estava ancorado na Baía de Guanabara desde 2016 foi levado pelo vento e se chocou contra a estrutura da Ponte Rio-Niterói.

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: