Câmara aprova texto da reforma tributária em 2º turno, mudança no Turismo e mais de 7 de julho

Nine
img20230706210347341.jpg

- PATROCINADO -

A aprovação do texto da reforma tributária em segundo turno pela Câmara dos Deputados, e a mudança no comando do Ministério do Turismo estão entre os destaques desta sexta-feira (7).

- PATROCINADO -

Câmara aprova texto da reforma tributária em segundo turno

O texto da reforma tributária foi aprovado em definitivo pela Câmara dos Deputados no início da madrugada desta sexta-feira (7). A votação do segundo turno foi chancelada com 375 votos favoráveis e 113 contrários.

Ao todo, foram votados sete destaques no primeiro turno e apenas um no segundo turno – todos rejeitados. Votação voltará às 10h desta sexta-feira. O texto-base já havia sido aprovado em primeiro turno com 382 votos a favor, 118 contra e 3 abstenções.

Após aprovação em primeiro turno, os parlamentares chancelaram a inclusão da emenda aglutinativa — que integra ao texto outras emendas —, proposta pelo relator Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Governo muda versão, admite que Daniela Carneiro entregou cargo e confirma Sabino no Turismo

O ministro Paulo Pimenta, da Secretaria de Comunicação Social, admitiu que Daniela Carneiro (União-RJ), ministra do Turismo, colocou seu cargo à disposição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na reunião que aconteceu na tarde desta quinta-feira (6) e que ela tem conhecimento de que será substituída ao longo dos próximos dias.

Pimenta atribuiu, em um primeiro momento, o adiamento da troca no Turismo ao aguardo da conclusão das votações de interesse do governo no Congresso Nacional. O Executivo aposta na aprovação da reforma tributária – cuja votação estava prevista para esta quinta –, do projeto que prevê mudanças no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) e do no novo regime fiscal.

“A ministra permanece à disposição do governo, desempenhando a sua função, e permanecerá enquanto o presidente entender. Não haverá nenhuma mudança no decorrer dessa semana. Energias voltadas para as questões tratadas no Congresso Nacional”, completou Pimenta inicialmente.

Duas horas após conversar com jornalistas no Palácio do Planalto, no entanto, o ministro mudou a versão inicial e admitiu que Daniela havia pedido demissão ao presidente Lula e que a confirmação da mudança na pasta aconteceria após reunião com lideranças do partido.

Tarcísio enfrenta clima tenso ao defender reforma tributária em reunião do PL

A reunião de dirigentes de direita na sede nacional do PL, na capital federal, nesta quinta-feira (6), foi marcada por um clima de animosidade, de acordo com relatos feitos à CNN por autoridades presentes.

Com posições divergentes sobre a reforma tributária, o ex-presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, tiveram, inicialmente, uma conversa particular.

Segundo relatos feitos por aliados de ambos, Bolsonaro defendeu que a proposta não seja votada nesta quinta-feira (6), mas o governador ponderou a necessidade de fazer um aceno público com a sua aprovação.

- PATROCINADO -

Agência dos EUA aprova uso de medicamento contra Alzheimer

A Food and Drug Administration (FDA), agência responsável pela aprovação de alimentos e remédios nos Estados Unidos, anunciou na tarde desta quinta-feira (6) que aprovou integralmente o uso do medicamento Leqembi para o tratamento de pacientes com Alzheimer.

“Hoje, a Food and Drug Administration dos EUA converteu Leqembi (lecanemab-irmb), indicado para tratar pacientes adultos com doença de Alzheimer, para aprovação tradicional após a determinação de que um estudo confirmatório verificou benefício clínico”.

O Leqembi havia passado por uma aprovação preliminar em janeiro deste ano, sendo encaminhado para o processo de Aprovação Acelerada. Esse caminho permite que o FDA aprove medicamentos para condições graves em que há uma necessidade médica não atendida, com base em dados clínicos que demonstram o efeito do medicamento.

ONU está “progredindo” durante inspeção da usina de Zaporizhzhia após alegações de bombas no local

A Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas (ONU) está “fazendo progressos” inspecionando várias áreas da usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, disse o chefe da AIEA, Rafael Grossi, nesta sexta-feira (7), após alegações de Kiev de que a instalação havia sido minada.

“Acho que estamos progredindo”, disse Grossi a repórteres em Tóquio.

Grossi disse que funcionários da AIEA visitaram locais, incluindo piscinas de resfriamento, e não viram “nenhuma indicação de explosivos ou minas nesses locais”.

Na última terça-feira, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, alertou que a Rússia pode estar usando a usina nuclear como arma.

Ele acusou as tropas russas de colocar “objetos semelhantes a explosivos” nos telhados da fábrica.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Publicado por Lucas Schroeder)

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: