Americano fica com a língua verde e peluda após misturar cigarro e antibiótico

Nine
Busca

- PATROCINADO -

Um americano de 64 anos ficou com a língua verde e peluda após a combinação de cigarro e antibiótico. O caso foi relatado pela revista científica “New England Journal of Medicine”.

- PATROCINADO -

O indivíduo procurou tratamento médico duas semanas após notar que sua língua havia começado a mudar a coloração. Fumante há muitos anos, ele havia usado um antibiótico chamado clindamicina para tratar de uma infecção periodental.

De acordo com o estudo publicado no veículo, trata-se de uma situação chamada “língua pilosa”, condição benigna causada pelo acúmulo de pele morta em diversas partes da língua. Neste caso, as papilas gustativas ficam entupidas e com a aparência cabeluda. Quanto à coloração esverdeada, ela pode ser causada por bactérias ou fungos.

Os fatores de risco incluem tabagismo, desidratação, má higiene oral e uso de antibióticos. Embora a cor cenário seja frequentemente preta –caso em que é chamada de língua peluda negra ou língua villosa nigra– a coloração marrom, amarela ou verde também é possível.

Tratamento

“O paciente foi aconselhado a escovar cuidadosamente a região, quatro vezes por dia, e a parar de fumar. No retorno após seis meses, a língua já tinha voltado ao normal, apesar de ele não ter abandonado o cigarro”, escrevem os médicos do Wright–Patterson Medical Center, em Ohio, no artigo publicado.

Fonte: CNN

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Divulgação

50 Receitas Fitness

Curso de Massagem

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em:

Nine Receba notificaçoes de novas histórias, notícias e experiências.
.
Ativar Notificações