Acusado de matar argentina a facadas no RJ vai a júri popular, decide juiz

Nine
1706667289_florencia-estava-acompanhada-do-cachorro-de-estimacao-quando-foi-morta-1701969511359_v2_750x421.jpg

- PATROCINADO -

- PATROCINADO -

Para o magistrado, os indícios de autoria foram comprovados pela prova testemunhal. “O conjunto probatório coligido aos autos indica ser grande a possibilidade do crime ter sido praticado pelo acusado, fato que deverá ser avaliado pelo com maior profundidade pelos jurados, ao longo do julgamento a ser realizado em plenário”.

A denúncia foi oferecida ainda em dezembro pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. Carlos José de França foi denunciado por homicídio qualificado. A decisão foi da 2ª Promotoria de Justiça de Búzios.

Estão presentes, também, indícios de que o crime tenha sido praticado por meio cruel, consistente no golpeamento da vítima com diversas facadas ao longo do corpo, além do da utilização de meio que dificultou a defesa da vítima, que estava desarmada no momento do ataque.
Trecho da decisão do TJRJ

O crime

Florencia estava acompanhada do cachorro de estimação quando foi morta
Florencia estava acompanhada do cachorro de estimação quando foi morta Imagem: Reprodução/Facebook

O corpo de Florencia foi encontrado após uma denúncia anônima. A jovem argentina foi morta a facadas e pauladas, disse o secretário da Segurança Pública do município, Sergio Ferreira, em entrevista ao perfil Folha de Búzios, no Facebook.

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: