6 Dicas de Planejamento Financeiro para Recém-casados

Nine
planejamento-financeiro-6-Foto-Freepik.jpg


- PATROCINADO -

Um dos momentos mais marcantes e emocionantes na vida de um casal é o casamento, que traz consigo muitas mudanças em vários aspectos.

- PATROCINADO -

Casar não envolve apenas a união de dois corpos e almas, mas também a união de dois bolsos. Isso mesmo, além de juntar as escovas de dentes ou dividir a cama, é preciso aprender a gerenciar as finanças a dois.

Os hábitos financeiros dos dois juntos vão afetar diretamente a escolha da casa ou aluguel que poderão pagar, a tranquilidade e segurança financeira que desejam ter, a idade em que poderão se aposentar e até mesmo se poderão desfrutar de mais de 1 viagem de férias por ano.

Para te ajudar a iniciar seu planejamento financeiro a dois para alcançar uma vida financeira próspera e de sucesso, aqui vão 6 dicas financeiras para os recém casados.

Discutam seus objetivos financeiros

Após o tão esperado “sim” e a troca de alianças duas pessoas se tornam uma só. E quando se trata de gerenciar o dinheiro, estabelecer metas financeiras como casal pode trazer um senso de propósito compartilhado.

É importante pensar tanto nas metas a curto quanto a médio e longo prazo, pois alcançar objetivos financeiros ao longo da jornada do casal pode tornar a gestão financeira e o lidar com do dinheiro muito mais divertidos.

Porém, não é segredo para ninguém que o dinheiro pode causar conflitos em um casamento. Por isso, quanto mais cedo o casal abordar e discutir sobre o assunto, melhor. Portanto, discutam sobre as metas e planos para o futuro e o que cada um de vocês tem o desejo de realizar.

As metas financeiras podem incluir a compra de uma casa, a criação de uma reserva de emergência, a quitação de dívidas, a poupança para uma viagem, filhos ou para aposentadoria.






É importante lembrar que ambos os cônjuges devem estar envolvidos na definição dessas metas e que elas sejam realistas e alcançáveis. Ao criar metas financeiras, também é importante revisá-las regularmente e ajustá-las conforme necessário.

A vida muda constantemente e é importante que as metas financeiras reflitam essas mudanças. Com um planejamento financeiro sólido e metas bem definidas, você e seu parceiro(a) poderão desfrutar de uma vida financeira muito mais estável e próspera.

Seja honesto em relação as suas informações financeiras

Um conselho de casamento que funciona para todos os aspectos do seu relacionamento é o seguinte: seja honesto com seu cônjuge.

- PATROCINADO -

E quando se trata de dinheiro essa premissa é imprescindível, pois esconder ou omitir informações financeiras, ou seja, cometer infidelidade financeira é altamente destrutível para o relacionamento. Por isso na hora de compartilhar dados e informações financeiras, não exagere sobre o quanto você ganha, nem minta sobre o valor da sua dívida, simplesmente diga a verdade.

Muitas pessoas têm vergonha de falar sobre dívidas, mas a verdade é que a maioria de nós terá dívidas em algum momento de nossas vidas. Pode ser empréstimos estudantis, cartão de crédito, financiamento ou empréstimo.

Seja qual for o caso, é importante que você deixe seu parceiro(a) saber sobre qualquer dinheiro que você deve antes mesmo de juntar as escovas de dentes.

Depois de discutir abertamente quaisquer dívidas que possam existir, é importante que vocês estabeleçam juntos uma meta para quitar essas dívidas. Pode ser que você sinta que não é sua responsabilidade pagar a dívida que seu cônjuge acumulou antes de vocês serem um casal.

No entanto, a dívida dele pode atrapalhar outros objetivos de vocês, como a compra de um imóvel juntos, ou a liberdade e tranquilidade financeira de vocês. Ser honesto com seu cônjuge sobre dinheiro pode ser desconfortável no início, mas é parte crucial de um relacionamento saudável e de sucesso.

Então compartilhem todas as informações financeiras entre vocês para que um possa ajudar o outro, afinal duas cabeças pensam melhor que uma não é mesmo?





Foto: Freepik

Tenham um orçamento familiar

Uma vez casados, além de sonhos, vocês também vão compartilhar contas e boletos, e por isso ter um orçamento definido é imprescindível se vocês desejam ter controle das finanças e ter dinheiro sobrando todo mês para os sonhos do casal.

Portanto listem todas as despesas de vocês com alimentação, saúde, transporte, lazer e discutam se algo está em excesso e como podem racionalizar os gastos de vocês, seja reduzindo ou mesmo cortando algum gasto desnecessário. Depois dessa etapa você vai junto com seu parceiro ou parceira, impor limites a cada categoria de gastos. Essa etapa de planejar como o dinheiro será gasto é crucial dentro do planejamento financeiro.

Depois do orçamento mensal definido vocês precisam fazer o acompanhamento regular dos gastos e receitas do casal. Não precisa fazer esse controle todo dia, pode se tornar exaustivo e você pode acabar desanimando, tentem pelo o menos dedicarem alguns minutos por semana para verificarem se estão seguindo os limites impostos para o orçamento de vocês.

Assim vocês conseguem ter uma visão antes do mês terminar de como estão as finanças, e podem fazer os ajustes necessários para seguirem com o planejado.

Ah se vocês estão se perguntando qual a melhor ferramenta para fazer esse controle financeiro e acompanhamento, não existe. A melhor é aquela que vocês mais gostarem e se adaptarem. Existem aplicativos financeiro, planners e várias opções de planilhas. Vai do gosto do casal.

Ter um planejamento financeiro é muito mais simples do que parece, mas vai exigir seu comprometimento e disciplina para fazer dar certo. Começar a criar essa rotina de “olhar para as finanças” de vocês vai exigir dedicação, mas ter uma vida financeira planejada e organizada não tem preço.

Comecem a montar uma reserva de emergência

Começar uma reserva de emergência após o casamento é uma decisão inteligente que você e seu parceiro nunca irão se arrepender. Infelizmente, emergências financeiras podem acontecer a qualquer momento.

Seja uma demissão do emprego, um vazamento no telhado, um celular quebrado, uma gravidez não planejada ou uma doença na família não coberta pelo plano de saúde. Priorizar um fundo de emergência pode economizar muito estresse.

Uma boa regra é ter pelo menos 3 a 6 meses do seu custo de vida mensal guardados em uma aplicação segura e com alta liquidez, ou seja, que você consiga resgatar o dinheiro a qualquer momento sem perda de valor.

Para criar o hábito de separar uma parte do dinheiro de vocês para a criação dessa reserva, vocês podem configurar uma transferência automática para essa aplicação assim que cair o salário de vocês. Ideal que o casal tenha uma reserva de emergência do casal, ou seja da família, portanto se acharem mais conveniente, você e seu parceiro(a) podem abrir uma conta conjunta para essa finalidade, ou escolher uma conta em que ambos tenham acesso a ela.

Ao longo do tempo, o fundo de emergência vai crescer gradativamente e vai dar a tranquilidade necessária para que vocês possam lidar com qualquer problema inesperado que possa surgir. Não subestimem a importância de ter essa reserva e comecem a poupar agora para garantir um futuro financeiro a dois mais seguro.






Contratem seguros de proteção de bens e pessoal

Além da reserva de emergência, outra forma de ter maior segurança financeira em caso de imprevistos, é assegurar os bens do casal e a renda da família. Se vocês têm um carro, imóvel, ou qualquer outro bem de valor alto, é muito importante que vocês tenham um seguro.

Imagine que você está construindo as reservas financeiras para seus investimentos de longo prazo, para sua aposentadoria e independência financeira, e numa eventualidade o carro de vocês é roubado ou sua casa consumida por um incêndio.

Esses imprevistos indesejáveis podem acontecer com qualquer um, por isso devemos nos precaver. Se você não tem o seguro desses bens, imagine quanto tempo você vai levar para adquirir um novo imóvel, um novo carro… A perda de um bem não só nos traz uma perda material financeira, mas também psicológica. É e suma importância fazer o seguro do seu carro e o seguro residencial.

Além do seguro de bens, é importante que vocês tenham formas de assegurar a saúde e renda da família, ainda mais se vocês desejam ter filhos. E a forma de fazermos isso é através de planos de saúde e seguros de vida e proteção pessoal!

Assim como ninguém quer ter o carro roubado para ter de usar o seguro, ninguém quer ter doenças ou sofrer acidentes, mas estamos sujeitos a isso, vivemos em um mundo repleto de adversidades. Ter um bom plano de saúde pode te poupar tempo, saúde e dinheiro, inclusive.

Em relação ao seguro de vida, ele garante sua capacidade de gerar renda ao longo do tempo, pois ele não serve apenas para o caso de alguém vir a falecer, mas também se algo acontecer e a pessoa ficar impedida de trabalhar permanentemente ou por algum tempo, pagando uma renda que irá ajudar essa pessoa.

Então aos pombinhos recém-casados, deem a devida atenção a esse tema para não correr riscos desnecessários, ok?

Busque por um consultor/planejador financeiro

Gerir bem o dinheiro é uma das habilidades mais importantes que podemos desenvolver em nossas vidas, seja para sair das dívidas, colocar o orçamento do casal em dia, planejar a aposentadoria, conquistar a liberdade financeira, mudar de vida e realizar outros projetos. Mas são tarefas que nem sempre a gente tira de letra.

É aí que entra o consultor ou planejador financeiro. Quando não conseguimos evoluir com nossa vida financeira, ou simplesmente perdemos a capacidade de cuidar do próprio dinheiro, talvez seja a hora de procurar a ajuda especializada no assunto.

Um consultor ou planejador financeiro é o profissional que pode ajudar a avaliar a situação financeira de um casal e fornecer orientações e sugestões para alcançar seus objetivos financeiros. Se você e seu parceiro(a) estão lutando para pagar dívidas, economizar para a aposentadoria ou investir em um novo projeto, um consultor financeiro pode ajudar a criar um plano de ação para alcançar esses objetivos.

Além disso, esse profissional também pode ajudar a mudar a vida do casal que passa a desenvolver uma nova perspectiva sobre o dinheiro e aprender a gerenciar melhor suas finanças.

Post criado pelo casal de planejadores financeiros Mariana e Ulysses do canal Casal Gestão Finanças @casalgestao.financas





Fonte original: Casar.com

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: