Estamos cansados das redes sociais?

Nine
07140648973222.jpg

- PATROCINADO -

Na corrida por novos usuários, nesta semana a empresa Meta lançou sua nova rede social, concorrente do Twitter, Threads. Enquanto para alguns o lançamento foi uma ótima novidade, para outros, o pensamento de “o que eu vou fazer com mais uma rede social?”, pode ter surgido.

- PATROCINADO -

A exigência da vida online com postagens constantes, produção de conteúdo, entre outras demandas que aparecem com a criação de um perfil em rede social, tem levado algumas pessoas a deixar o mundo virtual, retornando a uma vida offline.

Threads veio para concorrer com o Twitter e por ser uma rede social do universo Meta está conectado com outras redes, como o Instagram.Threads veio para concorrer com o Twitter e por ser uma rede social do universo Meta está conectado com outras redes, como o Instagram.Fonte:  Getty Images 

Um breve histórico da nossa relação com as redes

Desde o surgimento das primeiras redes sociais, as pessoas tem compartilhado suas vidas, seus gostos, viagens e pensamentos com o mundo. A interação social pelo ambiente virtual aproximou pessoas e fez com que contatos que antes eram perdidos, devido a mudanças de escola, cidade, estado e até de país, se mantivessem.

Mas com o passar dos anos, as redes passaram a desempenhar outros papéis, funcionando como vitrines para negócios, informações e também muita desinformação. E nesse ambiente onde número de seguidores e a quantidade de likes se tornaram mais valiosos do que a qualidade das relações, muitas pessoas tem recalculado a rota e buscado se afastar das redes sociais.

Conectado com o mundo, desconectado da vida real.Conectado com o mundo, desconectado da vida real.Fonte:  Getty Images 

De volta ao mundo material

O abandono das redes e o retorno a uma vida low profilenão é nada simples. O sentimento de poder perder algo ou de ser esquecido podem acontecer.  Há inclusive um termo utilizado para o sentimento de “ficar por fora”, chamado de FOMO (fear of missing outno inglês).

De acordo com especialistas, o FOMO é um transtorno comportamental onde a pessoa é levada a fazer checagens constantes, podendo gerar quadros de ansiedade, irritação quando a pessoa é afastada do celular ou dispositivo onde os aplicativos possam ser acessados.

Quando foi a última vez que você deixou seu celular em um canto da sala e o deixou lá por horas?Quando foi a última vez que você deixou seu celular em um canto da sala e o deixou lá por horas?Fonte:  Getty Images 

Mas mesmo diante de todas essas “possibilidades ruins”, muitos têm abandonado as redes. De acordo com dados da Infobase, podemos elencar 5 principais motivos, sendo eles:

  1. Tempo gasto nas redes sociais;
  2. Ter mais privacidade;
  3. Afloram pensamentos negativos;
  4. A implementação de comerciais e propagandas;
  5. Pouca utilização e utilidade das redes.

Quais os desafios da vida fora das redes?

Para pessoas entrevistadas pela BBC e o The Conversation, o principal desafio é explicar para os outros, os motivos pelos quais você não quer mais ter uma rede social. Em um mundo tão conectado e interativo, você escolher estar fora dessa hiperconectividade pode parecer loucura.

- PATROCINADO -

Entretanto a pessoa não está isolada do mundo, mas sim, escolhendo o que lê, vê e como interage com os outros por si, ao invés de ser mediado por um algoritmo.

Quando foi a última vez que você saiu com seus amigos e não tocou no celular?Quando foi a última vez que você saiu com seus amigos e não tocou no celular?Fonte:  Getty Images 

Algumas pessoas entrevistadas disseram se sentir mais livres, menos pressionadas, além de relatarem melhora na qualidade das interações pessoais. Outros benefícios citados foram: melhora na qualidade do sono, menor sensação de angústia e ansiedade e melhora na sensação de autoestima e competência.

Deixar o celular de lado faz parte das técnicas de higiene do sono.Deixar o celular de lado faz parte das técnicas de higiene do sono.Fonte: Getty Images

O que a ciência tem para dizer sobre isso?

Nossa relação com as redes sociais não é simples de ser descrita e estudada. Não existe um teste específico com confiabilidade suficiente para diferenciar a percepção do que é fato.

Enquanto alguns estudos apontam para resultados benéficos, como a melhora relações familiares, de amizade, com sensação de maior privacidade, proteção e aumento da autoestima.

Outros relatam que o abandono das redes não contribui significativamente para melhora da qualidade de vida, e que pode inclusive, aumentar a sensação de solidão e exclusão social.

Não saber o meme do momento, notícias Não saber o meme do momento, notícias “quentes” e outras informações veiculadas pelas redes sociais poderiam ser um disparador para a sensação de isolamento e solidão.Fonte: Getty Images

Para alguns especialistas, a dificuldade em se chegar a veredicto está em como nos relacionamos com as redes sociais e as pessoas que a povoam.

Enquanto para alguns as relações mantidas podem ser apenas comerciais, para informações e negócios, para outras são o único meio de se sentirem ligadas a amigos, familiares e pessoas de interesse.

Por isso, nosso vínculo com as redes sociais ainda gerará muitos estudos, até que consigamos compreender como podemos utilizá-las com o mínimo de prejuízo na saúde mental, física e relacional.

Como você lida com as redes sociais?Como você lida com as redes sociais?Fonte:  Getty Images 

Sair ou não sair?

A decisão de sair ou não, depende de como você lida com as redes sociais. Sempre bom salientar que nas redes há uma tendência em encontrarmos um mundo perfeito de pessoas felizes. Mas isso nem sempre condiz com a realidade.

Caso participar do mundo digital lhe traga angústia, pensamentos negativos e tristeza, ou apresente sinais de FOMO, procure ajuda de um profissional da saúde.

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: