Nadar em água gelada pode melhorar os sintomas de menopausa, diz estudo | CNN Brasil

Nine
nadar-agua-gelada-menopausa.jpg

- PATROCINADO -

Nadar em água gelada pode reduzir os sintomas da menopausa, incluindo estresse, ansiedade, ondas de calor e dores relacionadas à condição. A descoberta é de um estudo publicado recentemente no Sage Journals.

- PATROCINADO -

Para a descoberta, a pesquisa contou com 1.114 participantes mulheres e 785 estavam na menopausa. Todas nadaram em água fria, com trajes de banho comuns. O objetivo dos pesquisadores era analisar se a atividade poderia reduzir os sintomas da menopausa.

Segundo os autores do estudo, 47% das mulheres relataram melhora nos sintomas da ansiedade; 34% afirmaram melhora nas alterações de humor; 31% acharam que a atividade reduziu a irritabilidade e 30% considerou que as ondas de calor foram reduzidas.

 

Além disso, os pesquisadores também queriam entender se a natação em água fria poderia ajudar nos sintomas menstruais das participantes que ainda não estavam na menopausa. Os resultados mostraram que 46% delas sentiram redução da ansiedade; 37% relataram ter ajudado nas mudanças de humor e outras 37% afirmaram que houve melhora na irritabilidade.

“Já foi descoberto que a água fria melhora o humor e reduz o estresse em nadadores ao ar livre, e os banhos de gelo têm sido usados há muito tempo para ajudar na reparação e recuperação muscular de atletas”, diz Joyce Harper, autora principal do estudo, em comunicado à imprensa.

“Nosso estudo apoia essas afirmações. Ao mesmo tempo, as evidências relacionadas também destacam como a atividade pode ser usada pelas mulheres para aliviar sintomas físicos, como ondas de calor, dores e sofrimentos”, acrescentou a pesquisadora.

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: