Minas Gerais confirma mais dois casos de febre maculosa

Nine
carrapato_1.jpg

- PATROCINADO -

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) registrou mais duas mortes por febre maculosa. A confirmação foi divulgada neste sábado (24). Com mais estes casos, sobe agora para quatro o número de óbitos pela doença e para 11 o número de casos confirmados no estado.

- PATROCINADO -

Os dois primeiros óbitos registrados foram de dois homens de 28 e 54 anos da cidade se Manhuaçu (MG) e os dois últimos casos confirmados foram de uma mulher de 25 anos e um homem de 23, ambos moradores de Conselheiro Lafayete (MG). Em respeito à Lei Geral de Proteção de Dados, o órgão não divulgou mais informações sobre os pacientes.

A SES-MG informou que atua continuamente em todo o território, por meio do monitoramento de casos humanos suspeitos e confirmados da doença, vigilância ambiental de áreas de risco, divulgação de notas informativas e materiais orientativos/educativos aos municípios e na realização de cursos e treinamentos para profissionais de saúde.

Nos municípios em que há ocorrência de febre maculosa, a SES-MG também atua realizando investigação epidemiológica e ambiental dos casos.

Segundo a Fundação Ezequiel Dias (Funed) — referência na análise de diagnósticos de febre maculosa no país — houve aumento na procura por testes para a doença no estado em junho. Somente entre os dias 1 e 19 de junho, 160 amostras deram entrada na instituição com suspeita da doença.

Deste montante, cerca de 80% das amostras que chegam são de Minas Gerais. Outras amostras (20%) são divididas entre os estados Ceará, Goiás, Pernambuco, Rio de Janeiro e Tocantins, além do Distrito Federal.

Surto em São Paulo

A Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou, na última semana, o quinto caso de febre maculosa ligado à Fazenda Santa Margarida, casa de eventos localizada na área rural de Campinas (SP).

A secretaria alertou para que quem esteve na Fazenda Santa Margarida entre os dias 27 de maio e 11 de junho e apresente febre, manchas vermelhas pelo corpo e dor de cabeça, procure imediatamente o atendimento médico, informando que esteve nessa região.

Por nota à imprensa, a Fazenda Santa Margarida disse lamentar profundamente os casos de febre maculosa transmitidos em sua sede e que se solidariza com a dor e o sentimento dos familiares e amigos de vítimas dessa doença.

Já foram confirmadas quatro mortes por febre maculosa de pessoas que estiveram no evento.

Segundo os dados do Ministério da Saúde, até agora o Brasil registrou 60 casos confirmados da doença e onze óbitos.

- PATROCINADO -

Compartilhe esta história
Deixe um comentário

Apoios

Baixe o Aplicativo do NINE!

Um portal que vai te apresentar experiências em Turismo, Música, Gastronomia e muito mais.

Para acessar no celular, baixe o App do NINE.

Para IPHONE,
Clique em: